Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: 00:00/01:00 VELHARIA

Das 00:00 às 01:00

No comando: 00:01/04:00 Madrugadão

Das 01:00 às 04:00

No comando: 04:00/06:30 Morning Usa

Das 04:00 às 06:30

No comando: 06:30/08:00 Coracao Sertanejo

Das 06:30 às 08:00

No comando: 08:00/10:00 Mpb com Você

Das 08:00 às 10:00

No comando: 10:00/12:00 Ponto do Amor

Das 10:00 às 12:00

No comando: 12:00/16:00 Show da Tarde

Das 12:00 às 16:00

No comando: 16:00/17:00 Esquenta

Das 16:00 às 17:00

No comando: 17:00/19:00 Happy Hour

Das 17:00 às 19:00

No comando: 19:00/20:00 Voce que manda

Das 19:00 às 20:00

No comando: 20:00/22:00 Show Time

Das 20:00 às 22:00

No comando: 22:00/23:00 Top Hits

Das 22:00 às 23:00

No comando: 23:00/24:00 Usa Pop Brasil

Das 23:00 às 24:00

Menu

Publicadas regras de flexibilização do programa A Voz do Brasil

A portaria que estabelece as condições, critérios e procedimentos para a flexibilização e a dispensa do horário de retransmissão obrigatória do programa de rádio A Voz do Brasil pelas emissoras de radiodifusão sonora está publicada na edição desta sexta-feira (23) do Diário Oficial da União.

Em 2018, foi sancionada a lei que flexibilizou o horário do programa, que, até então, era transmitido pelas emissoras, obrigatoriamente, das 19h às 20h. Assim, a retransmissão pode ter início entre as 19h e as 21h, horário local.

Apenas as rádios educativas devem manter o início da transmissão às 19h, com exceção daquelas vinculadas a casas legislativas, que podem iniciar o programa até as 22h nos dias em que há sessão deliberativa. As demais emissoras de rádio poderão escolher entre as 19h e as 21h para início da transmissão.

Flexibilização e dispensa

O texto da portaria publicada nesta sexta-feira pelo Ministério das Comunicações explica que a flexibilização é a retransmissão do programa A Voz do Brasil no mesmo dia, mas em horário diverso dos previstos na portaria. E a dispensa, a desobrigação de retransmissão do programa em qualquer horário de determinado dia.

Fica definido que o Ministério das Comunicações divulgará, anualmente, consulta pública para elaborar e atualizar a lista com os casos aprovados de flexibilização ou dispensa da retransmissão do programa.

“Serão aceitas sugestões de flexibilização ou dispensa apenas quando comprovados o excepcional interesse público na divulgação de eventos, de manifestações ou de acontecimentos de grande apelo ou repercussão pública nacional, estadual, distrital ou municipal. A absoluta incompatibilidade com os horários originais para retransmissão de A Voz do Brasil”, registra a portaria.

Estados, o Distrito Federal, os municípios ou as entidades representativas do setor de radiodifusão em âmbito nacional poderão, a qualquer momento, solicitar a inclusão de casos adicionais de flexibilização ou dispensa de retransmissão do programa A Voz do Brasil.

A lista com os casos aprovados para flexibilização ou dispensa ficará disponível no site do Ministério das Comunicações, com o calendário de datas e de horários previstos e a abrangência da flexibilização ou dispensa, se nacional, estadual, distrital ou municipal. Nenhuma emissora poderá deixar de veicular o programa fora das datas de dispensa estabelecidas, ou sem autorização expressa do ministério.
Regulamentação das regras de transmissão obrigatória

Em agosto, o Governo Federal havia regulamentado as regras para a retransmissão obrigatória de A Voz do Brasil autorizando as rádios a adequar sua grade de programação e retransmitir o noticiário oficial entre 19h e 21h.

A Voz do Brasil

O programa, que completou 85 anos em junho deste ano, anuncia as ações dos Três Poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, e vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, exceto nos feriados.

 

 

Foto: Voz do Brasil

Deixe seu comentário: