Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: 00:00/06:00 Madrugadão

Das 00:00 às 06:00

No comando: 06:00/12:00 Good Morning Usa

Das 06:00 às 12:00

No comando: 12:00/17:00 Show da Tarde

Das 12:00 às 17:00

No comando: 17:00/19:00 Happy Hour

Das 17:00 às 19:00

No comando: 19:00/22:00 Show Time

Das 19:00 às 22:00

No comando: 22:00/24:00 Top Hits

Das 22:00 às 24:00

Menu

Mais sete capitais podem ativar o 5G

A partir de segunda-feira (19/09), prestadoras que adquiriram a faixa de 3,5 GHz na licitação de 5G, realizada em 2021, poderão ativar estações com a tecnologia de quinta geração do serviço móvel nas cidades de Aracaju/SE, Boa Vista/RR, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Maceió/AL, São Luís/MA e Teresina/PI.

A decisão foi tomada na quarta-feira (14/09), pelo Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi).

Até o dia 28 de novembro, quando vence a obrigação editalícia, as prestadoras Claro, Tim e Vivo deverão ter no mínimo oito estações de 5G ativadas em Aracaju/SE, cinco em Boa Vista/RR, 11 em Campo Grande/MS, oito em Cuiabá/MT, 13 em Maceió/AL, 14 em São Luís/MA e 11 em Teresina/PI.

Já possuem estações de 5G em operação as cidades de Brasília/DF, Belo Horizonte/MG, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Florianópolis/SC, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Natal/RN, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Paulo/SP e Vitória/ES. A faixa de 3,5 GHz é a que garante as melhores potencialidades da quinta geração.

O Conselho Diretor da Anatel já havia aprovado, em 18 de agosto, a postergação da data de liberação do uso do 5G na faixa de 3,5 GHz para 28 de outubro nas demais capitais, conforme sugestão do Gaispi, com base em informações da Entidade Administradora da Faixa (EAF).

Tal medida foi necessária para permitir a conclusão das ações de desocupação da faixa e mitigação de eventuais interferências na recepção das estações do Serviço Fixo por Satélite (FSS). Permanece a possibilidade de antecipação por decisão do Gaispi, mesmo nessas cidades, desde que adotadas as medidas necessárias por parte da EAF.

Quem recebe as transmissões da TV Aberta pela antena parabólica precisa adaptar o equipamento para evitar eventuais interferências.

Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que recebem sinal da TV aberta por parabólica, podem solicitar o kit gratuito para a adaptação do equipamento à Siga Antenado, nome fantasia da EAF.

É fundamental que seja realizado agendamento para a instalação dos novos equipamentos. Mais informações estão disponíveis no site da Siga Antenado. Também está disponível o telefone 0800-729-2404.

 

 

 

Fonte: Agência Nacional de Telecomunicações.

 

 

Foto: Anatel

Deixe seu comentário: